Participantes nas Mesas Redondas

Alice Casimiro Lopes
Mesa 6. Currículo, inovação e flexibilização - dia 11, 14:15-16:15H

Concluiu o doutorado em Educação pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) em 1996. Atualmente é Professora Associada da Faculdade de Educação da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), e Procientista nesta mesma instituição. É Cientista do Nosso Estado Faperj desde 2009 e bolsista de produtividade do CNPq desde de 1998, hoje com nível 1 B. Atuou como Coordenadora do Programa de Pós-graduação em Educação (Proped) de janeiro de 2008 até julho de 2012. Publicou 4 livros completos, vários artigos em periódicos especializados, dentre eles Cadernos de Pesquisa, Educação e Sociedade, Educação e Realidade, Journal of Curriculum and Pedagogy, Journal of the American Association for the Advancement of Curriculum Studies, Policy Futures in Education e Revista Brasileira de Educação, além de ter várias publicações em capítulos de livros. Orientou 20 alunos de mestrado (sendo uma como co-orientadora), 17 alunos de doutorado (sendo 3 como co-orientadora) e 7 pesquisadores em nível de pós-doutorado. Atualmente orienta 5 doutorandos, 1 bolsista AT/CNPq e 3 bolsistas de IC CNPq e Uerj. Atuou como coordenadora do Fórum Nacional de Programas de Pós-graduação em Educação em 2011-2012. É editora do periódico Transnational Curriculum Inquiry, revista da International Association for the Advancement of Curriculum Studies (IAACS), e membro do conselho editorial de: Journal of Education Policy, Revista Brasileira de Educação, Educação e Realidade, Educação e Sociedade, dentre outras. Foi membro da Comissão de Avaliação de Programas na Capes no triênio 2002-2004. Foi membro suplente do CA Educação do CNPq de dezembro de 2012 a junho de 2013 e membro titular nessa comissão de agosto de 2014 a junho de 2016. Suas pesquisas são financiadas pelo CNPq, pela Capes e pela Faperj. É Diretora do Departamento de Fomento ao Ensino para Graduados (DEPG) na Sub-Reitoria de Pós-graduação e Pesquisa da Uerj desde janeiro de 2016 e Representante das Universidades Estaduais - Uerj no Conselho Superior da FAPERJ. Maiores informações sobre suas pesquisas e produções podem ser obtidas na página www.curriculo-uerj.pro.br Research ID http://www.researcherid.com/rid/F-7209-2012 ORCID

André Favacho
Mesa 9. Formação de Professores e inovação curricular - Dia 12, 14:30-16:30H

Professor do Programa de Pós-Graduação em Educação e da Faculdade de Educação da Universidade Federal de Minas Gerais - UFMG. É doutor pela Universidade de São Paulo (USP). Estuda e Pesquisa a docência e o currículo a partir das noções foucaultianas de discurso e experiência de si.

Bento Silva
Mesa 5. Currículo, TIC e mudanças nas conceções de aprendizagem - Dia 12, 14:15 - 16:15H

Bento Duarte da Silva é Professor Catedrático do Instituto de Educação da Universidade do Minho, Doutorado em Educação, na área da Tecnologia Educativa. Atualmente. Foi Diretor do Departamento de Estudos Curriculares e Tecnologia Educativa e Vice-Presidente do Instituto de Educação. Desenvolve atividades de docência, pesquisa e orientação nos Programas de Mestrado e de Doutoramento, sendo coordenador da área de especialização de Tecnologia Educativa do mestrado em Ciências da Educação e coordenador da especialidade de Tecnologia Educativa do Doutoramento em Ciências da Educação. É membro do Centro de Competência da UMinho para a área das Tecnologias de Informação e Comunicação na Educação. É autor de mais de duas centenas de trabalhos de investigação em Tecnologia e Comunicação Educacional, recaindo os seus interesses de investigação na conceção, desenvolvimento e avaliação de estratégias para a integração das Tecnologias Digitais de Informação e Comunicação na Educação, particularmente na Educação Online.

Carlinda Leite
MESA 1. CURRÍCULO E INTERNACIONALIZAÇÃO - DIA 11, 11:15-13:15H

É professora catedrática na Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade do Porto (FPCEUP), investigadora sénior no Centro de Investigação e Intervenção Educativas (CIIE) a cuja direção pertence, presidente da Comissão de Ética da FPCEUP e avaliadora da Agência de Avaliação e Acreditação do Ensino Superior (A3ES). Os seus focos principais de investigação são: Políticas de educação e de currículo; Formação de professores; Avaliação de instituições, de cursos, de projetos e da aprendizagem; Currículo e modos de trabalho pedagógico no ensino superior; Educação e diversidade cultural. Tem coordenado vários projetos e é autora de inúmeros artigos publicados em revistas internacionais e nacionais.
Email: carlinda@fpce.up.pt
Orcid: http://orcid.org/0000-0001-9960-2519
CVitae: https://www.fpce.up.pt/ciie/?q=researchers/carlinda-leite

ORCID
Cláudia Fernandes
Mesa 7. Currículo e Avaliação - Dia 12, 14:30-16:30H

Graduada em pedagogia pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (1985), mestre em Educação (1997) e doutora em Ciências Humanas/Educação (2003) pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro. Pós doutorado em Avaliação Educacional pela Universidade Federal Fluminense, 2014. Atuou como professora da Educação Básica durante 18 anos e nos últimos 19 anos tem atuado no ensino superior, na Faculdade de Pedagogia. Desde 2004, é professora da Faculdade de Educação e da Pós-graduação em Educação da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO). De 2010 a 2013 coordenou o Programa de Pós-Graduação em Educação/PPGEDU-UNIRIO e atualmente, atua como vice-coordenadora. Foi consultora do MEC em diversos programas, em especial o Pro-Infantil e na publicação Indagações sobre o Currículo, junto com os professores Antônio Flàvio Moreira, Miguel Arroyo, Nilma Lino dentre outros. Realiza pesquisas com ênfase em currículo e avaliação das aprendizagens em contextos escolares, em especial, relacionadas à implantação dos ciclos nas escolas públicas e sua relação com a avaliação, a política educacional, o currículo e a formação de professores. As pesquisas contam com financiamentos da FAPERJ e CNPq. Coordena o Grupo de Estudos e Pesquisas em Avaliação e Currículo/GEPAC, cadastrado no CNPq. A temática de pano de fundo que motiva os estudos e as pesquisas é o debate acerca do papel social da educação escolar hoje e sua relação com o fracasso ou sucesso escolar. Possui diversas publicações sobre a temática, sendo a mais recente a organização do livro Avaliação das aprendizagens e o papel social da educação, editado pela editora Cortez em final de 2014.

David Rodrigues

Presidente da Pró-Inclusão / Associação Nacional de Docentes de Educação Especial e diretor da Revista “Educação Inclusiva”. Professor de Educação Especial doutorou-se em 1987 na Universidade Técnica de Lisboa onde obteve o título de “Agregado” em 1999. Lecionou em universidades portuguesas (Porto, Açores e Coimbra) e estrangeiras (Bélgica, Estados Unidos, Brasil e China). Cessou a sua carreira docente em 2015 como Professor Catedrático. Trabalhou em projetos internacionais para a UNESCO, UNICEF e Handicap Internacional. É conferencista convidado em Espanha, Reino Unido, França, Brasil, Estados Unidos, Rússia, Colômbia, Cabo Verde, México, Bulgária, Emiratos Árabes Unidos e Macau. Publicou 31 livros e dezenas de artigos em revistas da especialidade. Recebeu em 2007 o Prémio de Investigação “União Latina” e em 2017 o “Distinguished International Leadership Award” concedido pelo Council for Exceptional Children – DISES (EUA) distinção que foi saudada com um Voto de Congratulação unânime da Assembleia da República.
É desde junho de 2015 Conselheiro Nacional de Educação.

Elisabeth Macedo
Mesa 3. Currículo e diversidade cultural - Dia 11, 11:15-13:15H

Concluiu o doutorado em Educação pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP) em 1997. Atualmente é Professora Titular da Faculdade de Educação da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ). Realizou pós-doutorado na University of British Columbia e na Columbia University, nas quais atuou como Visiting Professor. É Bolsista de Produtividade do CNPq, hoje com nível 1B, Cientista do Nosso Estado Faperj e procientista da UERJ. Foi Diretora de Fomento ao Ensino de Pós-graduação e Assessora da Sub-Reitoria de Pesquisa e Pós-graduacão, na UERJ. Foi coordenadora adjunta e membro da comissão de área da CAPES e, atualmente, é coordenadora da área de Educação na FAPERJ. É presidente da International Association for the Advancement of Curriculum Studies. É editora associada do Journal of Curriculum Studies e membro do comitê editorial da Curriculum Inquiry e da e-Curriculum. Foi editora da Revista Transnational Curriculum Inquiry de 2011 a 2013. Coordena o grupo de pesquisa Currículo, cultura e diferença do CNPq e participa de grupos de pesquisa na University of British Columbia (Canada) e na Columbia University (EUA). Participa, ainda, de outras parcerias internacionais com Portugal, Viena, China e América Latina, em especial México, Argentina e Chile. Atua em pesquisa e ensino na área do currículo, em nível de graduação e pós-graduação. Suas pesquisas focam as políticas de currículo e o pensamento curricular, com destaque para a diferença. Dialoga com autores, pós-estruturais, pós-coloniais, mais recentemente, neomateriais. Tem publicação em periódicos especializados, livros e capítulos.

Fernando Albuquerque Costa
Mesa 5. Currículo, TIC e mudanças nas conceções de aprendizagem - Dia 11, 14:15-16:15H

Doutor em Ciências da Educação pela Universidade de Lisboa, licenciou-se em Psicologia pela Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade de Lisboa, onde foi docente e investigador entre 1988 e 2009. A partir de 2010 exerce funções de Professor Auxiliar no Instituto de Educação da Universidade de Lisboa onde integra a Unidade de Investigação e Desenvolvimento em Educação e Formação. Tendo trabalhado desde o início da atividade académica na área do Currículo e da Avaliação, dedicou-se, a partir de meados dos anos 90, às questões mais diretamente relacionadas com a utilização das tecnologias digitais em contexto educativo. Foi cofundador da Revista Educação, Formação e Tecnologias e integra os corpos editoriais de outras revistas científicas, como a Digital Education Review ou a E-Curriculum. Presentemente coordena o Projeto Amadora Aprender Digital [1º Ciclo] e a equipa portuguesa do Projeto StepUP-2ICT – Stepping Up to Technology in Adult Education towards Awareness, Assessment and Access, um projeto Erasmus+ com o objetivo de promover a literária digital dos profissionais que trabalham com adultos. 

ResearchGate
Francisco Sousa

Professor Auxiliar da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas (Departamento de Educação) da Universidade dos Açores, membro integrado do Centro Interdisciplinar de Ciências Sociais, polo da Universidade dos Açores (CICS.NOVA.UAc), e “co-convenor” da rede 3 – “Curriculum innovation” – da “European Educational Research Association”. Os seus interesses de investigação incidem sobretudo sobre a relevância curricular, a política curricular e o design de ambientes virtuais de aprendizagem.

Geovana Lunardi Mendes
Mesa 8. Currículo, Inclusão e Educação Especial - Dia 12, 14:30 - 16:30H

Professora Titular da Universidade do Estado de Santa Catarina. Atua no Programa de Pós-graduação em Educação e no curso de graduação em Pedagogia. É Bolsista de Produtividade em Pesquisa do CNPq - Nível 2. É Editora Associada da Education Policy Analysis Archives, da Revista Brasileira de Educação e da Revista Brasileira de Educação Especial.
Suas pesquisas têm como foco o campo de estudos das políticas curriculares, educação especial e inclusão escolar, mudanças e inovações curriculares articuladas às tecnologias digitais. É Editora Associada Brasileira da Revista Arquivos Analíticos de Políticas Educativas e representante institucional da ANPED na WERA - World Education Research Association, fazendo parte do WERA Council. É membro individual e do Conselho Científico da INASED - Internacional Association of Educators. É membro do Conselho Científico do Centre for the Study of Resiliente in University of Pretoria.

CV Lattes
Hildizina Norberto Dias

Hildizina Norberto Dias é moçambicana. É Professora Catedrática da Universidade Pedagógica (UP), em Moçambique. É Doutora em Educação/Currículo e Pós-Doutora em Psicologia da Educação pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, Brasil. É Licenciada em Linguística e Bacharel em Letras Modernas pela Universidade Eduardo Mondlane (UEM), Moçambique.
Em 1981, iniciou as suas actividades profissionais como professora de Português em Escolas Secundárias. A partir de 1991 e até o momento, lecciona várias disciplinas da área da Educação/Currículo e da Didáctica do Português.
Em termos de publicações, tem 15 livros e vários artigos publicados em revistas nacionais e internacionais. As suas áreas de pesquisa relacionam-se com os Estudos Curriculares e a Linguística versam sobre Políticas Públicas e Curriculares; Internacionalização; Formação de Professores; Fracasso Escolar; Inovações e Reforma Curricular; Avaliação Institucional; Ensino, Aprendizagem e Transformações Linguísticas da Língua Portuguesa em Moçambique.

Inês Barbosa Oliveira
Mesa 1. Currículo e internacionalização - Dia 11, 11:15-13:15H

Possui graduação em Pedagogia pela Faculdade de Educação Jacobina (1982), mestrado em Administração de Sistemas Educacionais pelo Instituto de Altos Estudos Em Educação da FGV (1988) e doutorado em Sciences Et Théories de L'éducation - Université de Sciences Humaines de Strasbourg (1993). Pós-doutora pelo Centro de Ciências Sociais da Universidade de Coimbra (2002) com Habilitation a Diriger des Recherches (HDR) pela Université de Rouen (França, 2013).
Atualmente é professora associada da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) e do Programa de pós-graduação em Educação da UNESA Presidente da Associação Brasileira de Currículo (ABdC), além de membro do GT Currículo da ANPEd e membro titular do Conselho Fiscal da entidade. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Teoria Geral de Planejamento e Desenvolvimento Curricular, atuando principalmente nos seguintes temas: cotidiano escolar, pesquisa nos/dos com os cotidianos, currículos praticadospensados e emancipação social na perspectiva da justiça cognitiva e da cidadania horizontal.

Isabel Carvalho Viana

Professora Auxiliar do Instituto de Educação (IE) da UMinho, Departamento de Estudos Curriculares e Tecnologia Educativa. É membro integrado do Centro de Investigação em Estudos da Criança (CIEC), integra equipas de investigação de universidades estrangeiras e participa em projetos internacionais e nacionais, com particular destaque para o Cross-curricular Teaching, o Projeto BUILD (Braga Urban Innovation Laboratory Demonstrator), em curso, e o Teachers Exercising Leadership – Challenges and Opportunities, finalizado. É membro do gabinete de interação com a sociedade do IE/UMInho. Leciona na área de Ciências da Educação. Integra a Plataforma Interdisciplinar para as Cidades, um eixo de investigação multidisciplinar gerado pela Vice-Reitoria da Investigação da UMinho, onde atua na exploração do constructo Education City for Inclusion, no âmbito da Educação para o Desenvolvimento, no contexto dos desafios societais atuais. Integra o Comissão Científica da plataforma UM-Cidades. Integra a equipa da UMinho – Assessoria Técnica ao Programa Ensino de Qualidade em Português na Guiné- Bissau (PEQPGB) e ao Programa de Apoio à Reforma do Sistema Educativo (PARSE), coordenado pela FEC (Fundação Fé e Cooperação), nomeadamente nas questões da cidadania global, comunicação para o desenvolvimento, cultura de cidadania ativa, avaliação de guias de formação e elaboração de documentos de suporte à formação. Foi avaliadora externa do Projeto Artways - Políticas Educativas e de Formação contra a Violência e Delinquência Juvenil – um Projeto da UMAR, financiado pelo Mecanismo Financeiro do Espaço Económico Europeu (EEA Grants) e gerido pela Fundação Calouste Gulbenkian. Tem participado em inúmeras conferências e na organização de reuniões científicas e seminários, tanto em Portugal como no estrangeiro, e tem publicações nas áreas em que investiga e leciona.

Jesus Maria Sousa
Mesa 6. Currículo, inovação e flexibilização - Dia 11, 14:15 - 16:15H

Professora Catedrática da Universidade da Madeira, desde 2004, com provas de Agregação em Currículo; Doutora em Lettres et Sciences Humaines pela Université de Caen (FR), em 1995; Mestre em Análise e Organização do Ensino, pela Universidade do Minho, em 1986; e Licenciada em Filologia Germânica, pela Universidade Clássica de Lisboa, em 1975.
É Diretora do Doutoramento em Currículo e Inovação Pedagógica;
Tem sido Avaliadora Externa dos cursos de Educação (graduações e mestrados) da República da Lituânia e da República da Irlanda;
Fez parte do Administrative Board da Association for Teacher Education in Europe (ATEE) e da Direção da Société Européenne de l’Ethnographie de l’Education (SEEE);
Integrou os dois primeiros Conselhos Gerais da Universidade da Madeira;
Foi Diretora do Centro de Investigação em Educação (CIE-UMa), Presidente do Centro de Competência de Ciências Sociais da UMa e Vice-Reitora da UMa para os Assuntos Académicos.

João Barroso
Mesa 2. Políticas educativas e curriculares - Dia 11, 11:15 - 13:15H

Professor catedrático aposentado do Instituto de Educação da Universidade de Lisboa. Exerceu as funções de Vice-Reitor da Universidade de Lisboa, entre 2011 e 2013 (julho), de Coordenador da Área Estratégica de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa, entre 2009 e 2011 e de Presidente do Conselho Diretivo da Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade de Lisboa, entre 2005 e 2009. Doutorado e agregado em Ciências da Educação pela Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade de Lisboa. Exerce a sua atividade docente e de investigação no domínio da Política e da Administração da Educação, sendo autor de diversos livros, capítulos de livros e artigos, nessa área, publicados em Portugal, Brasil, Espanha, França e Bélgica. Recebeu o Prémio Rui Grácio, atribuído em 1996 pela Sociedade Portuguesa de Ciências da Educação e pela Fundação Calouste Gulbenkian, à sua obra “Os Liceus. Organização Pedagógica e Administração (1836-1960) ”. Consultar https://www.researchgate.net/profile/Joao_Barroso2/contributions

ResearchGate
Maria João Mogarro
Mesa 9. Formação de Professores e inovação curricular - Dia 12, 14:30-16:30

Professora Associada no Instituto de Educação da Universidade de Lisboa, na área do Currículo e Formação de Professores e investigadora da UIDEF - Unidade de Investigação e Desenvolvimento em Educação e Formação do mesmo Instituto. Coordena o Doutoramento em Educação, na especialidade de Formação de Professores e Supervisão; coordena também o Mestrado em Educação, especialidade de Supervisão e Orientação da Prática Profissional.
Atualmente, participa no Projecto EDiTE – European Doctorate in Teacher Education, um projeto inovador que dispõe do apoio formal da ENTEP - European Network in Teacher Education Policies – e que se destina a implementar o primeiro Programa Conjunto de Doutoramento Europeu em Formação de Professores (financiamento Comissão Europeia, Horizonte 2020). Também é investigadora dos seguintes Projetos: a) “INOVAR - Roteiros da inovação pedagógica: Escolas e experiências de referência em Portugal no século XX”; b) “SENSEs - Participação social de alunos com NEE em escolas regulares”; c) “Roteiro dos descobrimentos”, que pretende atuar ao nível da valorização dos recursos identitários, patrimoniais e culturais ligados à exploração marítima a partir da cidade de Lisboa (financiamento EEAGrants). Anteriormente, coordenou e participou vários outros projetos, nacionais e internacionais, destacando-se o projeto “Educação e Património Cultural: escolas, objetos e práticas” e o projeto “Escolas de Formação de Professores em Portugal: história, arquivo, memória”. É autora de dezenas de livros e artigos publicados em revistas especializadas, internacionais e nacionais.

Maria Palmira Alves
Mesa 7. Currículo e avaliação - Dia 12, 14:30 - 16:30H

Doutorada em Educação pela Universidade do Minho e pela Universidade Pièrre Mendès France de Grenoble (França). É Professora Auxiliar na Universidade do Minho - Instituto de Educação. É Docente responsável por diversas Unidades Curriculares na Licenciatura em Educação e nos Mestrados em Educação e Ciências da Educação. É orientadora de dissertações de mestrado e teses de doutoramento. A sua principal área Científica de Investigação é Educação – Desenvolvimento Curricular, Formação e Desenvolvimento Profissional de Professores e Avaliação (de currículo, das aprendizagens, de projetos, de escolas). Neste domínio tem participado e coordenado diversos projetos de investigação. É autora, organizadora e coorganizadora de diversos artigos em revistas nacionais e internacionais, de livros, capítulos de livros e atas

Nilda Alves

Professora titular na Faculdade de Educação/UERJ e Faculdade de Educação/UFF (aposentada em ambas). Pesquisadora visitante emérita pela FAPERJ, na UERJ. Ex-presidente da ANPEd (Associação Nacional de Pós-graduação e Pesquisa em Educação), da ANFOPE (Associação Nacional pela Formação dos Profissionais da Educação), da ABdC (Associação Brasileira de Currículo) e da ASDUERJ (Associação dos Docentes da UERJ). Organizadora de livros, séries e coleções, com artigos publicados no Brasil e no exterior. Fundadora, em 2001, e coordenadora, até 2014, do Laboratório Educação e Imagem/ProPEd/UERJ (www.lab-eduimagem.pro.br) . Pesquisadora 1 A/CNPq.

Preciosa Fernandes

Professora Auxiliar na Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade do Porto (FPCEUP), Portugal, e membro titular do CIIE - Centro de Investigação e Intervenção na Educação da Universidade do Porto, um centro de investigação financiado pelos portugueses. Fundação para a Ciência e Tecnologia (FCT). Na CIIE, ela é vice-diretora do grupo de pesquisa KIDE. É membro da Comissão científica do Curso de Mestrado em Educação em Saúde (em parceria com a Faculdade de Medicina da UPORTO). Preciosa Fernandes é doutorada em Educação pela Universidade do Porto, no âmbito das políticas e práticas curriculares no ensino básico. Seus principais domínios de pesquisa científica são: políticas e práticas curriculares, avaliação educacional e escolar, formação de professores e desenvolvimento profissional, necessidades especiais e educação em saúde e pedagogia no ensino superior. Tem, nesses âmbitos, integrado vários projetos de investigação nacionais e internacionais Coordenou a equipa portuguesa de um projeto “Xeno Tolerance - Apoiar os Professores e Formadores de EFP para Evitar a Radicalização” e integrou a equipa dos projetos “NAOS - Capacidade Profissional para Lidar com Diversidade” e “Certificado em Auditoria de Responsabilidade Social Universitária”, todos financiados pelo Erasmus + (KA2). É IR do Projeto “Plataformas Digitais e Gestão Educacional”, financiado pela FCT (2010-2021). Foi, até 2015, cocoordenadora do Observatório de Vida Escolar da CIIE (OBVIE), tendo uma vasta experiência em projetos de colaboração/investigação em / com de escolas dos ensinos básico e secundário. É revisora de periódicos nacionais e internacionais. É coautora de vários livros, com foco em educação, avaliação de currículo e aprendizagem, e autora de um livro focado na política de currículo e tem vários artigos publicados em revistas internacionais com factor de impacto.

Roberto Sidnei Macedo
Mesa 4. Currículo, teoria e produção científica - Dia 11, 14:15-16:15H

É Professor Titular da Faculdade de Educação da Universidade Federal da Bahia-Brasil e Líder do Grupo de Pesquisa FORMACCE do PPGE FACED-UFBA. É membro do GT de Currículo da Associação Nacional de Pesquisa em Educação (ANPED), da Associação Brasileira de Currículo (ABdC), bem como da Academia de Letras de Itabuna-BA (ALITA).
Tem como temáticas dos seus principais estudos, pesquisas e publicações, o currículo, a formação e a etnopesquisa. Acabou de publicar sua trigésima obra, com o título “A Orquídea Negra: romance de formação”, na qual exercita através de uma ficção suas implicações em relação às questões de currículo e formação, pensadas a partir da diferença como instituinte cultural.
Outras obras caracterizam seus interesses epistemológicos e metodológicos como “A etnopesquisa Implicada”, “Pesquisar a Experiência” e “A pesquisa e o Acontecimento”. No campo do currículo, publicou recentemente o livro “A Teoria Etnoconstitutiva de Currículo”, no qual consolida de forma sistêmica os conceitos de “atos de currículos” e “currículo multirreferencial “ .

CV Lattes

1991total visits,1visits today